Aumenta o número de pessoas preocupadas com a segurança

Aumenta o número de pessoas preocupadas com a segurança
5 (100%) 3 votes

Kaspersky Cibersecurity Index

Kaspersky Cybersecurity Index revela que usuários estão mais preocupados com a cibersegurança.

Na segunda metade de 2016, o número de pessoas que estão preocupadas com sua segurança e estão prontos para se protegerem contra as ameaças de cibersegurança aumentou.

Foi o que revelou o Kaspersky Cybersecurity Index, que é um conjunto de indicadores que permitem a avaliação do nível de risco para os internautas do mundo todo. O índice de cibersegurança da Kaspersky Lab para o segundo semestre de 2016 mostra uma dinâmica positiva.

Pelo índice é possível visualizar as estatísticas sobre as perdas financeiras específicas que ocorreram como resultado da atividade de cibercriminosos, bem como comparar os dados de diferentes grupos de usuários. Por exemplo, o uso de smartphones entre idosos brasileiros e jovens suecos.

No caso do Brasil, vejamos os dados revelados:

  • 75% dos usuários não acreditavam que poderiam se tornar alvo de ciberataques (em comparação com 79% no primeiro semestre de 2016);
  • 34% dos entrevistados não utilizam soluções de proteção em todos os seus dispositivos ligados (em comparação com 38% no primeiro semestre de 2016);
  • 37% dos usuários foram afectados por ciberameaças (em comparação com 41% no primeiro semestre de 2016)

O número de usuários que infectados por malware caiu de 34% para 30%; Os custos para eliminar as consequências da infecção diminuíram de US$ 109 para US$ 48. No entanto, a percentagem de vítimas de outros tipos de ameaças aumentou. Por exemplo, vítimas infectadas por ransomware aumentou de 4% para 7%.

Resultados do segundo semestre de 2106

Resultados do primeiro semestre de 2106

Resultados do segundo semestre de 2106

Resultados do primeiro semestre de 2106

Quero ser a prova de hackers

Posts relacionados

A história exclusiva do ransomware Petya/ExPetr: saiba como ... Webminar sobre o ransomware Petya/ExPetr promovido pela Kaspersky lab e Comae Technologies. Na quinta-feira, 29 de junho, a Kaspersky Lab apresenta...
Anti-Cryptor: anti-ransomware para Windows Server A tecnologia Anti-Cryptor da Kaspesky Lab combate ransomware em Servidores Windows. Em março de 2016, a Kaspersky Lab lançou uma nova versão do Kaspe...
Quantos vírus ou códigos maliciosos foram criados em 2014? O cibercrime é uma indústria. Não há como negar. Os desinformados defendem que os vírus de computador e os códigos maliciosos são feitos pelos fabrica...
Eugene Kaspersky concede entrevista a VEJA Em entrevista a VEJA, especialista diz que hackers estão insensíveis ao sofrimento humano. No dia 23 de junho de 2017 o CEO e fundador da Kaspersky...
A Kaspersky Lab é confiável? Confiar ou não confiar em uma empresa de segurança da informação? Você deve ter lido nos noticiários dos últimos dias que Ruslan Stoyanov, executiv...
Ciberataque foi causado por ransomware NotPetya Até ao momento, de acordo com a Kaspersky, foram afectados dois mil utilizadores em cerca de uma dezena de países. O "modus operandi" é o mesmo do Wan...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

asodpasodoasdopás asdsa