O cibercrime no final de ano ataca o varejo

O cibercrime no final de ano ataca o varejo
5 (100%) 5 votes

Proteção de sistemas pos

Durante o fim de ano cibercriminosos tiram proveito do maior volume de negócios, visando tanto compradores como varejistas.

Se você possui um negócio, dê atenção especial à cibersegurança para não ter prejuízos. Nesta época do ano os cibercriminosos ficam ouriçados com as oportunidades de negócios ilícitos que podem realizar.

Ameaças contra sistemas em pontos de venda (PoS)

Sistemas de PoS sempre foram um ponto fraco das redes de lojas. Os requisitos mínimos para as operações comuns são baixos, assim, frequentemente, são instalados em computadores antigos que rodam sistemas operacionais obsoletos. Os operadores desses sistemas têm medo de deixá-los “pesados” ao instalar soluções de segurança, o que os torna inseguros. Naturalmente, os sistemas de ponto de venda, que trabalham diretamente com cartões de crédito e débito para pagamento,  atraem cibercriminosos devido a sua pouca proteção. De acordo com pesquisa anual da Kaspersky Lab sobre riscos de segurança em TI, 18% das empresas já sofreram ataques que exploraram vulnerabilidades nesses terminais.

Trojans invadem esses sistemas e comprometem os dados de pagamentos de seus clientes. No entanto, não são as únicas ameaças. Programas maliciosos podem sabotar o trabalho dos caixas. Para uma grande empresa de varejo, isso pode significar danos consideráveis, tanto financeiros como de reputação.

Ataques DDoS

Não esqueça, também, dos ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS). Eles podem causar problemas não apenas para o seu site, mas para sistemas internos, por exemplo, terminais de pagamento e caixas. Afinal, para completar a transação, esses sistemas precisam de uma comunicação bidirecional com o banco. Se um DDoS sobrecarregar o canal de comunicação, os pagamentos simplesmente não serão processados.

Ataques de phishing em e-mails marketing e sites

Sim, ataques de phishing ameaçam diretamente seus clientes. Se alguém tentar enganá-los usando seu nome, eles que perderão dinheiro. No entanto, indiretamente, esses ataques podem afeta a sua empresa, atingindo a sua reputação. Além disso, quanto mais os clientes perderem dinheiro, menos gastarão em sua loja.

Métodos de proteção

Oferecemos algumas dicas que podem ser relevantes durante todo o ano, mas são particularmente importantes durante os períodos de aquecimento nas vendas.

  • Mantenha seus sistemas operacionais e de comércio eletrônico atualizados, pois isso mitiga a possibilidade de vulnerabilidades;
  • Instale soluções de segurança efetivas em todos os computadores da sua rede;
  • Proteja terminais de ponto de venda com soluções especializadas que possam funcionar em equipamentos mais antigos;
  • Esteja preparado para ataques DDoS; tenha serviços confiáveis de proteção;
  • Providencie uma auditoria em sua rede corporativa para detectar vulnerabilidades;
  • Verifique em seu site a possível presença de “chupa-cabras”, skimmers online e outras brechas de segurança;
  • Aconselhe seus clientes para que utilizem soluções de segurança confiáveis que diminuirão a ameaça de ataques de phishing.
Quero ser a prova de hackers

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

asodpasodoasdopás asdsa