Golpe do cadastro falso para o auxílio emergencial da Covid-19

A melhor forma de se proteger contra o golpe é comparar o link recebido com o do site oficial.

Não é novidade que links falsos para aplicar golpes estão circulando na Internet em meio a pandemia do coronavírus. O mais recente golpe, que já tem quase 7 milhões de compartilhamento, usa o auxílio emergencial de R$ 600,00 do governo federal. Muito cuidado: em vez de você receber o auxílio, os seus dados podem ser roubados.

Caso receba um link via WhatsApp ou e-mail com esse tipo de conteúdo, preste atenção para o endereço dos links acessados. Endereços do governo devem ter a terminação gov.br.

Como funciona o golpe?

O link geralmente é disseminado pelo WhatsApp ou outras redes sociais. Ao recebê-lo, o usuário é incentivado a responder algumas perguntas criadas para dar verossimilhança ao golpe, como “você é beneficiário do Bolsa Família? Para se cadastrar e começar a receber o suposto auxílio”.

Após respondê-las, o usuário é induzido a compartilhar o link com contatos ou grupos para ter acesso ao falso benefício, tornando-se assim um vetor de disseminação do golpe. Após ser compartilhado, o usuário é direcionado a uma página para fornecer seus dados pessoais, ou até mesmo visualizar publicidades, o que torna o golpe extremamente lucrativo aos criminosos.

As informações sobre o auxílio podem ser buscadas no site www.auxilio.caixa.gov.br.

Compartilhar este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Posts Relacionados

Rolar para cima
Posso te ajudar?
AllEscort