Malware bancário avança em 2016

Malware bancário avança em 2016
5 (100%) 1 vote

malware bancário

Em 2016, a Kaspersky identificou oito novas famílias de malware bancário.

De acordo o relatório anual Kaspersky Security Bulletin Review, 2016 foi o ano das ameaças relacionadas ao ganho financeiro, furto de informações interrupção de serviços. Os ataques envolveram negociação clandestina de dezenas de milhares de credenciais de servidores comprometidos, “sequestros” de sistemas de caixas eletrônicos, ransomware e malware bancário para dispositivos móveis, bem como ataques direcionados envolvendo ciberespionagem, acesso ilegal e vazamento de dados sigilosos.

Durante o ano, foram identificadas oito novas famílias de malware em pontos de venda e caixas eletrônicos, o que representa um crescimento de 20% em relação a 2015. O Brasil foi o segundo país mais afetado, atrás apenas da Rússia. A Turquia vem na sequência.

Outra estatística apresentada pela empresa diz que 36% dos ataques a bancos online visam dispositivos com sistema operacional Android. Em 2015, esse índice foi de apenas 8%.

Como podemos ver, o Brasil é um campo fértil para a ação de criminosos que desenvolvem malware bancário.

Quero ser a prova de hackers

Posts relacionados

Cibercriminosos usam datas específicas para realizar ataques... Análises realizadas pelos especialistas da Kaspersky Lab demonstram que cibercriminosos realizam campanhas de ataque em datas específicas. No quart...
Servidor Linux precisa de antivírus? Sistemas Operacionais Linux geralmente são considerados imunes a ataques de malwares, o que poderia significar que um software antivírus para sistema...
Um bilhão de itens de malware Com a ajuda do Astraea, a base de dados em nuvem da Kaspersky Lab armazena 1 bilhão de objetos maliciosos. O número é notável e demonstra o compro...
Pequenas e médias empresas são alvo de ciberespionagem Não são somente os órgãos governamentais e as empresas de grande porte os principais alvos de espionagem cibernética. Pequenas e médias empresas...
Aplicativos acessam ilegalmente dados pessoais Estudo da Kaspersky Lab indica que 83% das aplicações móveis conseguem acessar aos dados pessoais dos usuários sem autorização. Estudo realizado pe...
AV-TEST: O melhor antivírus para Android do mês de maio/2015... Durante o mês de maio de 2015, a AV-TEST, um dos mais respeitados institutos de avaliação independente de ferramentas antivírus, avaliou 25 produtos d...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *