Golpe saque bancário

Golpe de saques esquecidos em conta corrente: como se prevenir

|

Golpistas se passam por empresas legítimas, exigindo taxa para valores esquecidos

Golpistas estão se passando por empresas legítimas e contatando vítimas por meio de links falsos, afirmando que elas têm valores esquecidos a serem retirados. No entanto, para realizar a transação, é exigido o pagamento de uma taxa de R$97. A Kaspersky alerta sobre essa fraude e oferece dicas para identificar se há realmente algum dinheiro esquecido e evitar novas vítimas.

Como funciona o golpe?

Golpistas utilizam a temática dos valores recentemente liberados pelo Banco Central. Eles solicitam o pagamento de uma suposta “taxa de saque” para liberar o valor. O site malicioso, ao ser acessado através do link, solicita dados pessoais como CPF, data de nascimento e chave PIX. Essas informações podem ser utilizadas posteriormente para outras fraudes. A página não realiza verificações e aceita até mesmo dados falsos. Caso a vítima efetue o pagamento (por PIX ou cartão de crédito), ela pode perder o valor, sendo mais difícil recuperar o dinheiro no caso do PIX. A página de pagamento era operada por uma empresa legítima, mas estava fora do ar no momento da análise, provavelmente devido a denúncias de fraude.

Como identificar a fraude?

Os golpistas costumam imitar o site do Banco Central e usar termos conhecidos, como “Valores a Receber” e “gov” no nome do domínio, para dar a impressão de ser um site autêntico. No entanto, é importante ter cuidado antes de fornecer informações ou fazer pagamentos, mesmo que o site pareça legítimo. Erros ortográficos e a ausência de outras páginas, como abas e seções com informações adicionais, são indícios de que se trata de uma fraude. Sites legítimos raramente apresentam erros ortográficos evidentes e têm baixas chances de serem compostos por uma única página.

Dicas para prevenir o golpe

  • Avalie o site: Observe a URL e a estrutura do site. Possui erros ortográficos ou é uma página única, sem outras seções? Nesse caso, há chances de ser um golpe.
  • Pesquise: Antes de fornecer informações pessoais, pesquise o site no Google, no ReclameAqui ou, no caso de aplicativos, verifique os comentários antes de fazer o download. Se for um golpe, provavelmente haverá reclamações de outras vítimas.
  • Utilize uma solução de segurança confiável: Recomenda-se o uso de soluções de segurança, como as oferecidas pela Kaspersky, que alertam sobre possíveis sites maliciosos e ataques de phishing.

Se você caiu no golpe, e agora?

  • Se você fez o pagamento com cartão de crédito, entre em contato com o banco e solicite o cancelamento do pagamento.
  • Se o pagamento foi feito via PIX, entre em contato com o banco o mais rápido possível para solicitar o MED (mecanismo especial de devolução).
  • Se o pagamento foi feito via boleto, há poucas opções. Recomenda-se abrir um boletim de ocorrência para registrar a fraude.

Últimas postagens

Cibersegurança para PME
Ebook: Cibersegurança para Pequenas Empresas

O eBook “Cibersegurança para Pequenas Empresas” é destinado a proprietários e gestores d…

Gerenciamento centralizado kaspersky small office security
Gerenciamento Centralizado do Kaspersky Small Office Security

Em geral, pequenas empresas podem não dispor de recursos específicos de TI. Nesse contexto, o Kasper…

Kaspersky data leak checker
Data Leak Checker da Kaspersky Monitora Vazamentos de Dados

O recurso Data Leak Checker da Kaspersky é uma funcionalidade projetada para proteger a privacidade …