Quais métricas de segurança da informação que um analista deve acompanhar?

|

Em segurança da informação, as métricas são essenciais para avaliar a eficácia das estratégias de proteção e a capacidade de resposta da empresa a possíveis ataques. Uma analista de segurança da informação, você deve acompanhar as seguintes métricas:

  • Tempo médio de detecção (MTTD): Esta métrica indica o tempo médio necessário para detectar uma violação de segurança após sua ocorrência. Quanto menor o MTTD, mais rápida é a resposta da equipe de segurança às ameaças.
  • Tempo médio de resposta (MTTR): Refere-se ao tempo médio necessário para responder e resolver uma violação de segurança após sua detecção. Um MTTR baixo indica uma eficiência na resposta a incidentes.
  • Taxa de detecção de malware: Monitora a eficácia dos controles de segurança na detecção de malware. Essa métrica pode ser medida pelo número de ameaças de malware detectadas em relação ao total de ameaças.
  • Taxa de falsos positivos: Indica a proporção de alertas de segurança que são falsos positivos, ou seja, que não representam uma ameaça real. Uma alta taxa de false positives pode indicar a necessidade de ajustes nos sistemas de detecção de ameaças.
  • Taxa de vulnerabilidades não corrigidas: Monitora a quantidade de vulnerabilidades conhecidas que ainda não foram corrigidas. Uma alta taxa pode indicar uma deficiência nos processos de gerenciamento de patches.
  • Índice de conformidade regulatória: Avalia o grau de conformidade da organização com regulamentações e padrões de segurança, como a LGPD, GDPR, PCI DSS, entre outros.
  • Número de incidentes de segurança por tipo: Rastreia o número e o tipo de incidentes de segurança enfrentados pela organização, incluindo ataques de phishing, ransomware, violações de dados, etc.
  • Taxa de adoção de práticas de segurança: Avalia a adoção de melhores práticas de segurança, como autenticação multifatorial, criptografia de dados, políticas de senha forte, entre outros.
  • Taxa de treinamento de conscientização em segurança: Monitora o número de funcionários que passaram por treinamentos de conscientização em segurança e o progresso na melhoria da cultura de segurança.
  • Custo médio de uma violação de segurança: Calcula o custo médio de uma violação de segurança, levando em consideração os custos diretos (por exemplo, resposta a incidentes, recuperação de dados) e indiretos (perda de receita, danos à reputação).

Ao acompanhar essas métricas, um analista de segurança pode avaliar o desempenho dos controles de segurança, identificar áreas de melhoria e tomar medidas proativas para proteger os ativos da organização contra ameaças cibernéticas.

Embora tenhamos selecionado um conjunto específico de métricas neste post, é importante ressaltar que outras métricas também podem ser usadas, dependendo das necessidades e objetivos da organização. Cada organização é única e pode exigir uma abordagem personalizada ao selecionar e acompanhar métricas de segurança.

Últimas postagens

Kaspersky Next EDR Optimum

O Kaspersky Next EDR Optimum é uma solução completa que vai além das funcionalidades essenciais de E…

Kaspersky Next EDR Foundations

O Kaspersky Next EDR Foundations é a solução definitiva de cibersegurança, oferecendo proteção imbat…

Kaspersky Next
Kaspersky Next: nova linha de soluções da Kaspersky

Kaspersky Next: Uma Nova Abordagem na Proteção Corporativa A Kaspersky recentemente anunciou a sua m…