Pego em flagrante vendo pornografia?

Calma! Essa é uma modalidade de golpe cada vez mais comum.

Recentemente, muitos usuários têm relatado o recebimento de mensagens contendo alegações do tipo:

“Você não me conhece e provavelmente quer saber por que recebeu esse e-mail, certo? Bem, na verdade, coloquei um malware no site de vídeos adultos (pornô) …”

“Eu hackeei essa caixa de entrada e infectei seu sistema operacional com um vírus …”

“Faço parte de um grupo de hackers internacionais. Como pode adivinhar, sua conta foi invadida …”

As mensagens, essencialmente, dizem que o computador foi “hackeado” ou  infectado por malware proveniente de algum site de pornografia que o usuário tenha visitado. Os bandidos teriam acesso aos contatos de e-mail, redes sociais, troca de mensagens, agenda telefônica e imagens capturadas pela webcam enquanto você assistia vídeos pornos.

Os criminosos ameaçam enviar o vídeo para todos os seus amigos e colegas. A única forma de impedi-los seria transferindo determinada quantia de dinheiro em criptomoedas para uma carteira anônima.

Caso o pagamento seja feito, os criminosos dizem que destruirão o vídeo e a base de dados dos seus contatos.

Será que você realmente foi filmado?

As pessoas acabam acreditando na ameaça, afinal, como é possível saberem a sua senha? Na verdade, os criminosos sabem a senha pois tiveram acesso a base de dados de contas de usuários  vazadas e disponíveis da Dark Net. Vazamentos de dados são comuns. Todos os dias, um caso novo é divulgado na mídia.

Portanto, não acredite nesse tipo de mensagem. Milhões de mensagens como essas são enviadas. Basta algumas dezenas de usuários acreditarem para o golpe dar algum lucro para os criminosos.

De qualquer forma, fique muito atento com outro tipo de mensagem que vem fazendo algumas vítimas: a mensagem oferece a possibilidade de verificar a existência do um vídeo constrangedor, bastando clicar em um link contido na mensagem.

Nenhum vídeo aparecerá. Em vez disso, o usuário será solicitado a baixar e descompactar um arquivo ZIP, que infectará o sistema. A ideia é criptografar os arquivos da vítima com o ransomware GandCrab, extorquindo, mais uma vez, mas dessa vez para recuperação dos dados.

Caso receba esse tipo de mensagem, fique calmo, jamais ceda à chantagem, não responda ao e-mails e não clique nos links das mensagens. A resposta será uma forma de validar seu endereço eletrônico para ser usado em outros golpes.

Aproveite a oportunidade para modificar a senha dos serviços online que utiliza. Se forem muitas senhas, utilize um gerenciador como o Kaspersky Password Manager.

Compartilhar este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Posts Relacionados

Rolar para cima
Posso te ajudar?
AllEscort