Trojan bancário em dispositivos móveis em crescimento

Tendência global, de acordo com relatório da Kaspersky Lab, é de crescimento de malware para dispositivos móveis.

Trojans Bancários (Cavalos de Troia) direcionados ao aplicativo de internet banking de dispositivos móveis entram na lista das maiores ameaças no segundo trimestre de 2018. O número de novas espécies desse malware foi recorde: 61.045.

Em relação ao primeiro trimestre de 2018, o crescimento foi de 3 vezes. Quando comparado ao primeiro trimestre de 2017, o número dobrou. Essa é apenas uma das principais conclusões do Relatório de evolução de ameaças de TI da Kaspersky Lab referente ao segundo trimestre.

Para mais informações: Kaspersky Q2 IT threat evolution report

Os Trojans Bancários para dispositivos móveis foram projetados para furtar os ativos financeiros das contas bancárias dos usuários de dispositivos móveis. Esse tipo de ataque é muito atrativo e lucrativo.

Normalmente, o malware vem na forma de um aplicativo legítimo, induzindo as vítimas a instalá-lo. Quando o aplicativo do banco é aberto, o Cavalo de Troia exibe sua própria interface sobreposta à interface do aplicativo bancário original. Assim que o usuário inserir suas credenciais de acesso, elas serão furtadas.

Quem mais contribuiu para o aumento desse número foram os criadores do cavalo de Troia Hqwar. Cerca de metade das descobertas estava relacionada a esse malware. O cavalo de Troia Agent ficou em segundo lugar, com aproximadamente 5.000 pacotes.

No segundo trimestre de 2018, os três países com maior parcela de usuários atacados por malware em dispositivos móveis em relação ao número de todos os usuários atacados por qualquer tipo de malware em dispositivos móveis foram: EUA (0,79%), Rússia (0,7%) e Polônia (0,28%).

A Rússia e os EUA trocaram suas posições em comparação com o primeiro trimestre de 2018, enquanto a Polônia pulou do 9º para o 3º lugar, principalmente devido à distribuição ativa das modificações Trojans.AndroidOS.Agent.cw e Trojan-Banker.AndroidOS.Marcher.w.

Tendência global

Segundo os especialistas da Kaspersky Lab, esses números indicam uma tendência global de crescimento de malware para dispositivos móveis.

Ne segundo trimestre, as soluções da Kaspersky Lab detectaram e evitaram 962.947.023 ataques maliciosos a recursos online localizados em 187 países do mundo inteiro. Isso representa um crescimento superior a 20% em relação ao período anterior.

As tentativas de infecção por malware com o objetivo de furtar valores de contas bancárias online aumentaram 5% em comparação com o primeiro trimestre de 2018: esse tipo de ataques foi registrado em 215.762 computadores de usuários.

Como escapar da ameaça?

Para reduzir o risco de infecção, é recomendável que os usuários:

  • Só instale aplicativos de fontes confiáveis. O ideal é usar somente a loja oficial;
  • Verifiquem as permissões solicitadas pelo aplicativo. Se elas não corresponderem à tarefa do aplicativo (por exemplo, um leitor de PDF que solicita acesso a suas mensagens e chamadas), talvez não seja confiável;
  • Use uma solução de segurança reconhecida para a proteção contra programas maliciosos;
  • Jamais clique em links contidos em e-mails de spam;
  • Não realize procedimentos de rooting no dispositivo, pois isso diminui a segurança do dispositivo.

Compartilhar este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Posts Relacionados

Rolar para cima
Posso te ajudar?
AllEscort