Pare de usar o Windows 7 e sistemas obsoletos

O uso de sistemas operacionais desatualizados representa um grande risco de segurança.

Mais de 40% dos usuários comuns estão usando sistemas operacionais obsoletos ou que estão prestes a se tornarem. É o que aponta uma pesquisa da Kaspersky.

Dentre as versões obsoletas, o Windows 7 é o mais usado, seguido pelo Windows 8.1. O Windows XP, Vista e Windows 8 vêm logo atrás.

Sistema operacional obsoleto

Esses sistemas deixam de receber atualizações de segurança, enquanto os criminosos continuam procurando e explorando brechas de segurança. Lembrando que o WannaCry aproveitou-se de uma vulnerabilidade do Windows.

Faltam menos de seis meses para o fim do suporte do Windows 7. Pense nisso: os custos para lidar com um incidente de segurança da informação vinculados à utilização de sistemas antigos e obsoletos é mais alto do que o custo de atualizar o sistema.

Recomendações

  • Use uma versão atualizada do sistema operacional com o recurso de atualização automática ativado;
  • Se a atualização para a versão mais recente do sistema operacional não for possível, as organizações são aconselhadas a levar em consideração esse vetor de ataque em seu modelo de ameaça e a resolvê-lo através da separação inteligente de nós vulneráveis ​​do resto da rede, além de outras medidas. Considere a segurança do Kaspersky Embedded Systems (se estiver usando o Windows XP);
  • Use soluções com tecnologias de prevenção de exploração baseadas em comportamento, como Kaspersky Security Cloud, Kaspersky Endpoint Security for Business e Kaspersky Small Office Security, que ajudam a reduzir o risco de explorações direcionadas a sistemas operacionais obsoletos (Windows 7 e posterior).

Compartilhar este artigo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Posts Relacionados

Rolar para cima
Posso te ajudar?
AllEscort